Os cães sentem ciúmes ?

comportamento-ciumes-ciumento-caes-cachorros-adestrar-como-evitar

Os cachorros sentem ciúmes?

cachorro-filhote-fotos-imagemEm um recente experimento com os cães, foi observado que os cachorros demonstram ciúmes quando seu proprietário presta atenção em um cachorro de pelúcia robô, que havia sido desenvolvido para latir e abanar o rabo. Este experimento com cães, foi baseado em uma experiência com crianças em idade pré-verbal que também demostravam ciúmes quando seus pais cuidavam e davam carinho para uma boneca. Os pesquisadores não consideram que este comportamento possa ser comparado com a inveja das pessoas adultas, no entanto pode ser categorizado como um um pré-cursor genético.
Em uma pesquisa anterior, donos de cães foram convidados para contar casos específicos de emoção, incluindo o ciúme em seus cães. Esse estudo concluiu que quando os proprietários davam atenção e carinho para outra pessoa ou animal, os cães pareciam envolver-se em comportamentos de busca de atenção, empurrando o corpo contra o proprietário ou entre o proprietário e o “rival”, e adotavam comportamentos estranhos como latir, rosnar, choramingar e alguns chegavam até a demonstrar agressividade. Devido a este tipo de comportamento, as pessoas tendem a considerar essas atitudes, como sendo de um cão enciumado.

Leia mais: Comportamento canino. Você entende o que os cães estão precisando?

cachorro-cao-ciumentos-por-que-como-evitar-ciumesEntão, podemos dizer que os cachorros também desenvolveram ciúmes de seus proprietários, como observamos em crianças humanas ? Sim. Mas será que o ciúmes da forma que nós sentimos, não requer processos de pensamento muito humanos, ou seja, que dependem de um grau muito elaborado de raciocínio ?  Sim. Segundo  Darwin;  “A diferença entre a mente do homem e dos animais superiores, por maior que seja, certamente é uma diferença de grau e não de gênero” Na verdade, não é exatamente assim, o subconsciente e as memórias físicas exercem nas pessoas um efeito muito avassalador sobre os sentimentos, e estas emoções começam a ganhar forma nas crianças à medida em que elas começam a falar. É por isso, que nossa capacidade de verbalizar  faz com que nossos sentimentos se diferenciem em espécie e não no grau, com relação aos sentimentos dos animais. Para que possamos categorizar a reação dos cães como ciúme, será que o processo que desencadeia este comportamento não teria que conter um conjunto contínuo de pensamentos que envolvam habilidades cognitivas distintas, que os cães claramente não tem ? • Cães tem a capacidade de ver a si mesmo como um indivíduo à parte das outras pessoas ou animais que convivem com ele ?

Leia mais: Aprenda a linguagem corporal, verbal e facial dos cães.

• Cães tem a capacidade de relembrar pensamentos agradáveis que envolvem experiências antigas com relação a pessoas, objetos de afeto, ou mesmo a capacidade de temer possíveis eventos futuros, ou ainda a capacidade de temer o fim de uma relação com seu proprietário ? Você concorda que este tipo de pensamentos envolve um grande exercício mental de raciocínio hipotético ?
• Cães tem a capacidade de envolver-se em uma narrativa mental interna ? Ou será que isso só é possível para pessoas pois elas utilizam para isso a linguagem ?

comportamento-ciumes-ciumento-caes-cachorros-adestrar-como-evitarCachorros sentem ciúme ?  – Basicamente o ciúme, é a capacidade de comparar um momento ou ponto de vista com o outro e para isso, no caso da experiência que citamos no começo deste artigo, o cachorro também deveria ser capaz de reconhecer que o sujeito que recebia as afeições de seu proprietário, era na verdade, um boneco de pelúcia. E desta maneira, o cachorro não sentiria ciúmes, poderia no máximo achar que seu proprietário estava maluco.
Se um indivíduo tem a capacidade de experimentar o ciúme, ele deve ser ao mesmo tempo capaz de discriminar entre formas inanimadas e animadas, não é verdade?

Leia mais: Saiba como punir um cachorro corretamente sem utilizar nenhuma agressão física e/ou verbal.

fotos-imagens-adestramento-de-caes-dog-walkerPor exemplo, as crianças quando jogam bola com seus pais demonstram estar vivenciando um momento de grande prazer através desta atividade, provavelmente pelas mesmas respostas emocionais que motivam nossos cães a perseguir uma bola quando brincam com seus proprietários. Não importa o quanto nosso cachorro adore jogar bola, sabemos que ele nunca irá pensar que a bola é um animal ou uma presa real, apesar de que as vezes ele acabe não conseguindo resistir à compulsão de dilacerar a bola e em alguns casos acabe até engolindo alguns pedacinhos.

Sabemos que existem algumas emoções simples que existem tanto em cães como em seres humanos, isso já foi cientificamente comprovado, no entanto é bem evidente que o jogo de bola entre um pai e seu filho é bem diferente da brincadeira de bola entre uma pessoa e seu cachorro.

ciumes-de-caes-cachorros-ciumentosA grande diferença para analisarmos o ciúme entre os cachorros e as pessoas é a consciência. Cachorros sentem ciúme ?  – Apesar de sermos capazes de compartilhar com os animais uma enorme e complexa variedade de palavras e gestos, existe uma ponte que nos separa, devido a nossa habilidade linguística, que constitui uma diferença muito clara entre nossas espécies, que provavelmente é o resultado direto da capacidade humana de falar.

Você já observou que na verdade, a grande maioria das ocorrências de “ciúme” entre cães acontecem em espaços compactos ? E as pessoas quando sentem ciúmes, demonstram este ciúmes onde quer que estejam, não é verdade ? Isso é porque a habilidade linguística de intelectualizar as emoções, permite que as pessoas continuem envolvidas em uma determinada situação que lhes causou ciúmes através de lembranças. Então será que o que costumamos rotular como ciúme, não seria de fato apenas uma resposta física a uma sensação de insegurança ?

Leia mais: Os cães também namoram? Eles tem necessidade?

caes-cachorros-ciumes-ciumento-sentemQuando seu cachorro sente medo de que sua conexão com você se quebre, demonstrações de “ciúmes” por parte do cachorro podem se tornar atitudes bastante comuns. Este comportamento normalmente acontece porque a maioria dos proprietários usam a atenção como um veículo, para demonstrar afeto aos seus cães. Ao detectar uma desconexão de sua energia com a energia de seu don
o, um cão revive memórias negativas do seu passado emocional e, em seguida, age instintivamente para eliminar a ameaça. Crianças muito pequenas podem ter exatamente o mesmo tipo de reação e em geral este tipo de instinto em crianças, geram uma bela bronca de seus pais, geralmente o foco deste sentimento em seres humanos em estágio pré-fala, também acontece devido ao medo de perder o elo com seus pais, já que a criança sente segurança sendo o centro das atenções de sua família e esta é a única conexão com seus pais antes de saberem falar.

Podemos concluir portanto que cachorro não sente ciúme, mas o que acontece com eles, nada mais é do que uma reação instintiva desencadeada por um sentimento de insegurança, pois o cachorro sente que seu elo com seu proprietário está sendo ameaçado.

curso-de-adestramento-de-caesO tipo de atenção geralmente dada a cães que demonstram um comportamento ciumento pode estar impedindo que o cachorro consiga sentir-se ligado com seu proprietário. Isso acontece porque os cães são projetados para trabalhar, para viver, não para ser um objeto de afeto (ou pelo menos não apenas isso). Então o que acontece é que, quando a atenção do proprietário é desenhada em outros lugares, particularmente em direção a outro cão, ou um membro da família, ou, em alguns casos, algo tão simples como uma ligação de telefone, alguns cães acabam entrando em um estado de pânico e começam a latir furiosamente até que o proprietário ou repreenda o cão (que, apesar de negativo, ainda é uma forma de atenção), ou console o cão com abraços e beijos. Se você acabar se identificando com este caso, considere com carinho mudar o estilo de vida de seu pet. Caminhadas costumam ser sempre um começo muito positivo. Procure a ajuda de um adestrador, para que ele avalie particularmente o caso de seu cão e dê a você dicas para desassociar estes comportamentos obsessivos.
Uma maneira interessante para você determinar se seu cachorro consegue se ver como um indivíduo independente é o teste do espelho. Nenhum cachorro conseguiu até hoje demonstrar que consegue se reconhecer na frente de um espelho.

pet-shop-fotos-imagens fotos-imagens-clinica-veterinaria-veterinarios
fotos-imagens-adestramento-de-caes-sao-paulo-sp fotos-imagens-dog-walker-em-sao-paulo-sp

Os cães precisam passear sempre ?

www-okamix-com-br

Moro em uma casa com o jardim bem grande. Preciso passear com meu cachorro ?

SIM. Passear com o cão é preciso e fundamental para a saúde física e psicológica do seu cachorro. O Terapeuta de Cães Bruno Leite explica:

Boa parte das pessoas reclamam que seus cães são hiperativos, destrutivos, ansiosos, latem demais ou têm comportamento compulsivo. Se você, como eles, não sabe o que fazer, esteja certo que a solução pode ser muito mais simples do que se imagina.

okamixHá três grandes causadores de mau comportamento em cães saudáveis: MEDO, FRUSTRAÇÃO e CONFLITO. Nos casos acima, quase sempre o componente mais forte é a FRUSTRAÇÃO, resultante do acúmulo de energia.
A rotina de uma matilha de cães em seu habitat natural é: acordar ao nascer do sol, migrar atrás de comida e água, voltar ao pôr do sol, comer, brincar e dormir. Na natureza, cães caminham de 8h a 12h por dia, seguindo o seu líder.

Muitos imaginam que, por possuírem grandes quintais, faz-se desnecessário caminhar com o seu cão. Isto é um grave erro. Casas, sítios e até fazendas, possuem uma delimitação física. O cão não exercita a exploração além de seu território e, sem uma motivação externa, como caça, água ou ampliação dos seus domínios, não se exercita sozinho da maneira correta. Para ele, um quintal enorme é apenas um grande canil.
Outro equivoco é acreditar que brincadeiras exaustivas levarão o cão a um estado de relaxamento. Com uma energia agitada, ao invés da energia calma de um bom passeio, certamente o cão ficará cansado, porém eufórico. Você deve brincar diariamente com seu cão, mas não para substituir o passeio.

curso-de-adestramento-de-caesAgora que ficou claro a importância do passeio diário para o equilíbrio psicológico do seu cão, é necessário dizer que existem dois tipos de passeio: o passeio ruim, que gera tensão e dominância e o passeio bom, que proporciona relaxamento e submissão. Este segundo fará de seu cão um seguidor equilibrado, e de você, um líder de matilha.

Se o seu cão lhe puxa pela rua, pára quando bem entende para cheirar e marcar território, late e avança em cães e/ou pessoas, ou apresenta apenas um desses sintomas, isso é um mau passeio. Lembre-se: cão cansado NÃO é cão relaxado!

Para um bom passeio, é necessário que ele ande ao seu lado ou atrás de você, sem puxar a guia e mantendo-se focado em segui-lo durante o percurso.

Fonte: Porque devo passear com meu cão – A importância do passeio com o cachorro
Follow us: tudosobrecachorros on Facebook

pet-shop-fotos-imagens fotos-imagens-clinica-veterinaria-veterinarios
fotos-imagens-adestramento-de-caes-sao-paulo-sp fotos-imagens-dog-walker-em-sao-paulo-sp
okamix fotos-okamix