Cachorros com falta de ar, convulsões e dores! Corra imediatamente para o veterinário!

caes-cachorros-doentes-hospital-veterinarios-imagens-fotos

O que fazer quando o cachorro estiver com falta de ar, abdômen dilatado, convulsões ou uma dor severa?

Ficar calmo é a primeira providência.Depois, é preciso evitar que o cão se machuque mais, ou machuque alguém, pois, mesmo o animal mais manso pode morder em reação à dor.

Veterinário

adestramento-de-caes-em-sao-paulo-spTambém é fundamental não piorar a situação automedicando o cachorro ou oferecendo comida, leite e outras substâncias. Procure o veterinário com urgência, tenha sempre mais de um número de plantão veterinário à mão e ligue antes para avisar que está chegando com o seu cachorro em situação de emergência.

O adestrador de cães Daniel Sawaguchi recomenda para as pessoas que possui um cão, estudar mais sobre a raça e o comportamento canino. Algumas raças são mais agitadas e será  necessário um esforço maior para evitar comportamentos indesejados. Um adestramento de cães é uma boa saída para quem não tem tempo ou conhecimento para educar o cão.

caes-cachorros-com-dores-falta-de-ar-convulsoesCachorros com falta de ar

Há dois inimigos dos cães com dificuldade para respirar: estresse e calor. Os dois aumentam demais a demanda de oxigênio no ornanismo. Para piorar, a dificuldade respiratória em si é estressante, o que aumenta a necessidade de oxigênio, dificultando a respiração, aumentando o estresse e causando, assim, um ciclo catastrófico de falta de ar – necessidade de oxigênio – estresse – falta de ar. Manter a calma é fundamental para ajudar o cão a se acalmar, o que o ajudará a respirar melhor. Ar fresco e gelado deve ser providenciado, mas sem apontar o ventilador ou o ar-condicionado para o animal. Faça o possível para acalmá-lo e refrescá-lo enquanto o leva para o veterinário.

Leia mais: Cachorro pressionando a cabeça contra a parede? Corra para o veterinário!

caes-cachorros-com-dores-falta-de-ar-convulsoes-veterinariosTorção gástrica nos cães

Há pouco a ser feito, além de correr para o veterinário, quando um cão sofreu torção gástrica e está com o abdômen dilatado. Ele pode estar em choque e a região abdominal estará muito dolorida. Não é possível administrar nada oralmente, nem tente. Se o tamanho do cão permitir, levante-o devagar e gentilmente, passando um braço entre o pescoço e as patas dianteiras e o outro por trás das patas traseiras, evitando contato com a barriga. Cuidado para não ser mordido, pois a situação é de dor extrema. Se o peludo for muito grande, use lençóis ou cobertores para carregá-lo, sempre devagar.

fotos-adestramento-de-caes-cachorrosO que fazer quando um cachorro tem convulsões?

Cães convulsionando sofrem de contrações musculares involuntárias, o que inclui a musculatura da mandíbula. Ou seja: cuidado com mordidas. Não é verdade que um cão sofrendo convulsão pode ¨engolir¨a língua. Puxar a língua para fora só é válido em siutações de engasgamento (quando ela fica roxa e o animal está desmaiando), pois pode ajudar a liberar a traquéia. Nas convulsões, esqueça a língua e foque no ambiente, prevenindo traumas conforme ele se debate. Se a convulsão durar mais do que dois minutos, use um cobertor grosso para transportar o animal e evitar mordidas e coloque-os no carro. Não o cubra, pois convulsões aumentam a temperatura corporal.

Leia mais: Saiba o que os cães não podem comer de jeito nenhum!

Dor severa nos cães, o que fazer?

Não administre remédios humanos, pois podem ser tóxicos. Também prefira não automedicar com remédios veterinários, pois podem interferir com outras substâncias que o animal já use, ou que venha a precisar no atendimento médico. Novamente, use um cobertor grosso para transportar o animal e evitar mordidas e coloque-os no carro. Mesmo os cães mais amigáveis podem morder em casos extremos de dor.

pet-shop-fotos-imagens fotos-imagens-clinica-veterinaria-veterinarios
fotos-imagens-adestramento-de-caes-sao-paulo-sp fotos-imagens-dog-walker-em-sao-paulo-sp