Comportamento canino – Como entender os cães?

comportamento-canino-caes-cachorros-fisiologia-emocoes-o-que-fazer

Comportamento Canino

É principalmente a linguagem corporal do cão que ajuda a entender o que o dono do cão está tentando transmitir. Além da linguagem corporal, os cães também usam vocalizações para se expressar. Aqui estão algumas informações sobre a sua linguagem corporal. Abanando a cauda: Cães costumam expressar sua emoção e felicidade por abanando o rabo, mas não há a necessidade de prestar atenção à maneira pela qual eles abanam o rabo.

adestramento-de-caes-em-sao-paulo-spSe o cão está feliz, a cauda vai estar se movendo de lado. Mesmo a traseira do cão vai se mexer. Este é o comportamento mais comum ou gesto exibido por um cão. Os cães normalmente apresentam tal comportamento quando vêem seu proprietário depois de um longo tempo, e também quando vislumbram seu deleite favorito ou alimento. Se o cão está abanando o rabo em movimentos curtos e rápidos,isso pode ser um sinal de agressão. Fique longe de o cão se a cauda é erguida, e parece tensa e dura. Estes podem ser os sinais de um ataque iminente.

Leia mais: Cachorros que latem demais. Como diminuir essa reação dos cachorros?

Escavação:

Indo é um comportamento muito comum em cães. Ao escavar é muito comum em raças de cães de caça,e a maioria das raças entram em cavar. Cães geralmente cavam para esconder algumas de suas posses favoritas, como ossos ou brinquedos, que gostariam de caçar para mais tarde. Eles podem até cavar fora de tédio. Outra razão por trás da escavação pode ser a necessidade de entrar em atividade física. Quando deixados sozinhos por longos períodos, os cães podem sofrer de ansiedade de separação. Quando confinado, o cão pode tentar escapar. Latidos frequentes, mastigação, escavação e sujar casa quando deixados sozinhos são alguns dos sinais de ansiedade de separação. Aproximadamente 14% dos cães nos EUA podem apresentar um ou mais sinais de ansiedade de separação.

Sniffing:

Sniffing é um comportamento instintivo em caninos. Os cães têm um sentido muito forte de cheiro. Seu sentido do olfato é altamente desenvolvido. Farejando os ajuda a entender o seu espaço. Eles cheiram para adquirir o cheiro de outros seres humanos e cães. Embora muitas vezes lambam  para mostrar afeto, eles também podem lamber para processar a informação sobre essa pessoa. Isso ajuda a identificar para os cães  a pessoa no futuro.

Saltando:

Jumping é mais comum em filhotes do que em cães. É uma forma de mostrar afeto e emoção. Pode ficar problemático quando eles saltam com muita freqüência, o que pode ser a de atrair a atenção. No entanto, salto até poderia ser uma maneira de afirmar dominância.

Leia mais: Cachorros bagunceiros e agitados. O que fazer?

Cortante:

Mastigar e morder é mais comum em filhotes que apresentam esse tipo de comportamento quando estão em dentição. Um cão adulto pode morder se ele se sente assustado ou quando ele está tentando proteger-se ou proteger seu território. Rosnando, lunging  e mordendo são todos sinais de agressão. Incidência de morder pode ser maior em determinadas raças. O treinamento adequado é necessário para modificar tal comportamento.

Marca:

Você pode ter visto que os cães tendem a urinar em pneus de carro ou grama. Esta é uma maneira de marcar seu território. Se você perceber que seu cão fareja torno de um lote e urina em intervalos freqüentes, ele o faz para se comunicar com outros cães e para marcar os lugares de modo que ele encontre seu caminho de volta para casa no caso de ele se perder.

Vocalizações

Latido:

Este é provavelmente o comportamento mais natural e normal exibido por caninos. Os cães ladram a ameaçar estranhos e para impedi-los de entrar na casa. Eles latem para comunicar a chegada de um estranho ou alguém que conhece, e também para se comunicar com outros cães. No caso de cães que sofrem de ansiedade de separação, a voz é normalmente alta. Latido excessivo, no entanto, é um problema comportamental e deve ser corrigido com formação adequada.

Leia mais: O que os cachorros fazem quando estão sozinhos em casa?

Lamentar-se:

Cães principalmente lamentam quando querem algo ou estão em necessidade desesperada de alguns mimos. Eles podem queixar-se apenas para atrair a atenção. Eles também podem se queixar quando entram em pânico. Eles podem lamente expressar medo ou dor. Eles podem choramingar quando se sentem negligenciados.
Rosnando: Os cães podem rosnar enquanto jogam, mas rosnando até poderia ser seguido de um ato de agressão. Isso pode realmente ser um aviso para parar o que você pode estar fazendo no momento.

Vociferante:

Os cães podem uivar em resposta a determinados sons. Eles podem uivar quando ouvem o som de sirenes. Eles podem uivar quando estão sob estresse.
Problemas comportamentais em cães
Há certos problemas de comportamento que um proprietário do cão deve saber, a fim de que estes problemas podem ser evitados através da modificação do comportamento do cão com a ajuda da formação.

Agressividade:

A agressividade é o problema mais comum de comportamento em cães e há diferentes tipos de agressão do cão. Esse tipo de comportamento pode prejudicar você, assim como outras pessoas, especialmente as crianças ao seu redor. Latido excessivo, mordendo, rosnando e mastigação destrutiva são alguns dos sinais de agressão em cães.

Leia mais: Brigas entre cachorros da mesma casa. O que fazer?

Puxar a coleira:

A maioria dos cães puxam a coleira para afirmar o fato de que eles são os líderes e vão mostrar o caminho. Este problema comportamental deve ser evitado anteriormente com treinamento e reforço.

curso-de-adestramento-de-caesMicção e defecação inadequadas:

Quando seu cão urina ou defeca na casa, apesar de ser para toalete treinado, ele pode estar tentando transmitir seu descontentamento em certas coisas, como ser deixado sozinho ou com uma mudança na alimentação. Isso  pode ser corrigido com treinamento comportamental. Faça consultar um veterinário como uma condição médica subjacente pode estar por trás desse comportamento.

Compreender e modificar o comportamento canino irá ajudá-lo a aprofundar a sua ligação com o cão e vai tornar a vida do seu cão como animal de estimação muito mais fácil. Os cães podem exibir gestos para chamar a atenção de alguém, no entanto estas tentativas se não for controladas, enquanto o cão ainda é um filhote, podem  mais tarde  tornar-se um problema que precisa ser tratado.

O adestrador de cães Daniel Sawaguchi orienta os seus clientes a estudarem as raças de seus cães, pois cada raça possui alguns comportamentos mais relevantes do que outras e se não for trabalhado adequadamente, o problema tende a piorar. Muitos donos acreditam que o comportamento do seu cão não tem mais solução, pois já tentaram várias técnicas e de nada adiantou. Para todos os casos, existe uma solução! Alguns precisam de mais tempo e outros irão precisar ser utilizadas técnicas mais avançadas de adestramento. O adestrador Daniel Sawaguchi utiliza várias técnicas avançadas, pois uma técnica pode ser muito útil para um cão e inefiz para outros.

pet-shop-fotos-imagens fotos-imagens-clinica-veterinaria-veterinarios
fotos-imagens-adestramento-de-caes-sao-paulo-sp fotos-imagens-dog-walker-em-sao-paulo-sp

Linguagem corporal dos cães, verbal e facial

cachorro-fotos-imagens-triste

Linguagem corporal dos cães, verbal e facial. Como identificar?

linguagem-corporal-dos-caes-cachorros-facial-verbal-fotos-imagensHomem e animal se comunicam de maneira não-verbal. Alguns sinais são de amplo conhecimento por todos e identificamos eles facilmente quando por exemplo seu cão está nervoso. Ele se inclina para trás, abaixa as orelhas, late. Agora outros sinais mais sutis como a ação de lamber o focinho indica que seu vão está tranquilo e sossegado. Porém, antes de tudo vamos entender que nenhum sinal é comprobatório sozinho. Para ter certeza de que seu cão está dizendo algo é necessário se observar todo o grupo gestual que realiza.

Vamos assim aos principais grupos gestuais que indicam o que seu cão está sentindo e aprenda mais sobre a linguagem corporal dos cães, verbal e facial.

Sentindo-se Animado

Ele pode adotar um comportamento brincalhão, por exemplo correndo de um lado para o outro. Outro sinal é se apoiar nas patas traseiras com a língua para fora, cauda balançando e atendo o olhar fixo ao seu dono. Ele costuma tomar essa posição antes de se mover.
Estado de Alerta
É similar ao estado de animação, porém o cachorro não costuma manter a boca aberta. O olhar é muito mais fixo e imóvel com a cauda empinada. Podendo emitir até rosnados ou latidos.

Leia mais: Comportamento canino. Como entender melhor os cães!

Puppy Jack russell (7 weeks)Sentindo-se Provocado

Nessa postura as pessoas costumam confundir com animado e é ai que elas tomam mordidas por acidente. Geralmente as pessoas percebem essa diferença quando o cachorro começa a rosnar, mas antes
mesmo disso observa-se que suas orelhas estão abaixadas e sua cauda não está balançando. Esse é um sinal para você parar de brincar com e.
Querendo Brincar
Mas quando um cachorro quer brincar ele demonstra claramente com um estado de animação intenso. Esse estado depende do cachorro. Cachorro com mais energia tendem a dar piruetas, saltitar, correr para lá e para cá. (veja esse post em que listamos as raças de maior energia). Outros mais calmos como o buldogue podem apenas dar mordidinhas, lambidas e pequenos saltos. Uma postura interessante para se observar é quando ele se inclina para frente com o peito estufado e patas traseiras estendidas. Esse é um sinal claro de que ele quer continuar a brincadeira.

Sentindo-se assustado

Geralmente quando um cachorro está se sentido acuado ele mantém o corpo curvado com orelhas baixas grudadas na cabeça. Também pode se encolher no chão afim de obter um máximo de recuo, desviando o olhar da fonte de medo. Uma característica que é impossível de não se ver quando o cachorro está com muito medo é sua tremedeira.

Leia mais: Você sabe o que os cães aprontam quando o dono sai de casa?

Linguagem corporal dos cães

Quando um cachorro projeta uma postura dominante, ele expande seu tamanho corporal, parecendo maior que o normal. Sua musculatura se torna mais rígida, distribuindo todo o seu peso sobre as 4 patas de maneira uniforme. Seu peito geralmente está estufado, orelhas projetadas para frente, cauda rígida, boca fechada e olhar fixo para um ponto. Entender a linguagem corporal dos cães é muito importante para evitar acidentes.

Postura Submissa dos cães

Ao contrário da postura dominante expansiva, a postura submissa coloca o corpo do cachorro de forma a parecer menor do que o normal. As orelhas ficam baixas, pescoço para baixo com focinho para cima, olhar sempre desviando do olhar do seu dono ou oponente. Em alguns casos o cachorro chega a lamber o dono quando está recebendo uma bronca ou pedindo comida.

curso-de-adestramento-de-caesPostura agressiva dos cães

A postura agressiva pode se dar de duas maneiras:
Uma deles é por medo. Quando um cachorro está sendo intimidado por algo e não ve saída alguma, seus instintos mais animais afloram e ele toma uma posição ofensiva, mas por defesa da própria integridade.
No caso de o cão tomar uma postura ofensiva a agressiva, ele tende a projetar sua cabeça, orelhas assim como todo seu corpo para frente, apoiando seu peso nas patas dianteiras. O olhar é fixo e atendo para atacar a qualquer momento.

Linguagem Verbal dos cães

Além da linguagem corporal os cães também possuem uma linguagem verbal. Essa é um tanto limitada comparada às dos humanos, mas é suficiente para demonstras sentimentos, estados de espírito e até situações que estão acontecendo com o cão:

  • Uivo – Intenção de ser notado
  • Rosnado – Indicativo de agressividade e territorialidade
  • Murmúrio – Som pedinte e submisso
  • Choramingo – Ansioso ou com dor
  • Gemido – Demonstra insatisfação
  • Latido alto – Felicidade
  • Latido baixo – Agressividade

fotos-imagens-adestramento-de-caes-dog-walkerDe acordo com o adestrador de cães Daniel Sawaguchi, compreender a linguagem corporal dos cães, facial e verbal é muito importante para a harmonia entre o dono e o cão. Em uma matilha, existe uma complexa organização social, onde há uma hierarquia a seguir e se não houver respeito entre eles, ocorrerá uma punição ou uma disputa de liderança.

Muitos comportamentos indesejáveis dos cães que moram em casas ou apartamentos é devido a falta de compreensão da linguagem canina para entender e corrigir alguns comportamentos do cão.

pet-shop-fotos-imagens fotos-imagens-clinica-veterinaria-veterinarios
fotos-imagens-adestramento-de-caes-sao-paulo-sp fotos-imagens-dog-walker-em-sao-paulo-sp